Solar

Inversor de energia solar: como funciona e quantos tipos existem?

Inversor de energia solar: como funciona e quantos tipos existem?

08 de março de 2023 0 6 min de leitura

Inversor de energia solar: como funciona e quantos tipos existem?

Um inversor de energia solar é um equipamento eletrônico utilizado em sistemas de energia solar fotovoltaica responsável por converter a corrente contínua (CC) gerada pelos painéis solares em corrente alternada (CA) utilizadas locais como em residências, edifícios e em outros aparelhos eletrônicos.

Pensando em mostrar como esse equipamento funciona e quais os tipos existem, a Leveros preparou um artigo com dicas e detalhes. Continue a leitura para conferir! 

Como funciona um inversor de energia solar?

Os painéis solares são responsáveis por gerar a eletricidade em forma de corrente contínua, por conta da do processo de conversão da luz solar através da eletricidade.

Vale lembrar que boa parte dos dispositivos elétricos funcionam com corrente alternada. Sendo assim, o inversor de energia solar tem um papel fundamental.

A energia elétrica que será gerada pelos painéis em corrente contínua, será recebida pelo inversor solar em uma corrente alternada, com características corretas para serem distribuídas. O uso será doméstico e também poderá ser injetado diretamente na rede elétrica pública.  

Além disso, outro papel fundamental dos inversores é na hora de desempenhar funções de monitoramento do sistema solar e proteção contra sobrecorrentes e circuitos. 

Quais são os tipos de inversor solar?

No mercado estão disponíveis variados modelos de inversor solar e cada um apresenta a sua funcionalidade e apresentam características de desempenho. Conheça agora os detalhes dos principais modelos.  

Inversor solar on-grid

É o modelo mais utilizado no mundo e usado em sistemas solares fotovoltaicos conectados em redes elétricas, espalhadas em casas e residências. São projetados para desligarem rapidamente em caso de uma queda de energia. 

Na tradução para o português, on-grid significa na rede, ou seja, apesar de ter a sua principal fonte de energia vindo do sol, o local onde ele está instalado continua ligado com a rede elétrica convencional.

Muito utilizado em áreas urbanas, o inversor solar on-grid é bastante utilizado por sua eficiência energética e, além disso, na redução na conta de energia, por oferecerem descontos para serem utilizados em determinado período. 

Inversor de string

São produzidos para receber energia gerada por diversas strings de painéis solares que estão conectados e sua potência nominal pode chegar a dezenas de quilowatts. 

Traduzindo para o português, string significa corda, o que representa que nesse inversor está conectado linhas de modelos fotovoltaicos, que serão comportados em um único painel potente.

A energia é convertida pelas placas solares com corrente contínua para corrente alternada. Por conta disso, é considerado um dos inversores de energia solar mais populares, por ser utilizado em sistemas solares de residências.

Inversor solar centralizado

São inversores potentes utilizados em sistemas solares de grande escala, como indústrias ou até mesmo em usinas solares comerciais. A energia será convertida por matrizes de energia solar que estarão conectadas em painéis com a sua corrente alternada. Nesse modelo, o aparelho será instalado próximo ao local de conexão a toda a rede elétrica. 

Microinversores

São projetados para serem instalados de maneira individual em inversores de pequeno porte.

Cada módulo irá produzir a sua energia, com ela sendo convertida através da corrente contínua para a corrente alternada diretamente do próprio painel. Além disso, cada micro inversor é capaz de atender até 4 placas solares. São ideais para quando ocorrem sombreamentos parciais e podem ser usados em variados tipos de telhados. 

De modo geral, estes inversores são ideais para:

  • proteção contra queda de energia;
  • monitoramento remoto preciso;
  • ele é sincronizado com a rede elétrica; 
  • contam com medição bidirecional.

Além de ser utilizado em residências, o inversor solar on-grid também é muito utilizado em sistemas industriais, por possibilitar a redução de custos com o aproveitamento da energia solar.

Inversor solar off-grid

Diferentemente do on-grid, esse modelo é utilizado em sistemas de energia solar que estão isolados. Nesse caso, eles funcionam independentemente da rede elétrica. Esse modelo de inversor é popular pois  fornece a energia diretamente para as recargas. 

Essa energia é retirada diretamente dos painéis solares ou até de um banco de baterias.

O sistema off-grid é geralmente utilizado em áreas mais remotas, onde o acesso à rede elétrica é mínima, ou até mesmo em locais onde é necessária uma energia autônoma, como exemplo em casas de campo.

Conheça agora as principais vantagens do inversor solar off-grid:

  • armazenamento de energia: em caso de quedas, com as baterias recarregadas, o local continuará com energia elétrica;
  • proteção contra sobretensão;
  • energia em locais de difícil acesso;
  • monitoramento de sistemas: contam com recursos que possuem atividades que permitem o acompanhamento da carga de bateria, o quanto é consumido em energia e a geração solar.

Como escolher o inversor solar correto? 

Na hora de escolher o inversor solar, o primeiro passo é entrar em contato com um especialista, por contarem com os equipamentos necessários para identificar qual será a melhor configuração necessária para o sistema.

Potência do inversor e do sistema

O inversor precisa ter a sua potência compatível ao sistema calculado. Será determinada através da potência em watts com ou quilowatts de acordo com toda a capacidade do painel solar. 

Inversor com sistema de monitoramento

Para um monitoramento preciso e remoto do sistema, o inversor com esse sistema apresenta uma ampla capacidade de exportar a energia excedente para a rede elétrica.

Além disso, também apresentam uma ampla capacidade de integração com os sistemas de armazenamento de energia. No mercado existem modelos práticos que contam com aplicativos para o monitoramento completo em tempo real. 

Eficiência do modelo

Na hora de escolher o modelo, é preciso identificar qual a sua eficiência. Ela representará qual será a capacidade do inversor para converter precisamente energia solar em eletricidade utilizável. Os inversores ajudam a potencializar a produção de energia do sistema. 

Certificações e garantias

O inversor deverá seguir todas as normas de segurança e qualidade e deverá apresentar o certificado do INMETRO. Além disso, o fabricante deve oferecer ao cliente um bom serviço de garantia, e podem chegar até 7 anos. 

Lembre-se que todo esse processo deverá ser realizado juntamente com um profissional capacitado para fornecer todas as orientações corretamente.

Agora que você já sabe quais são os principais modelos de inversor de energia solar, continue no blog da Leveros, e leia o artigo que fala sobre o que é placa solar e para o que serve.

Entre em contato com a Leveros Solar, e faça uma simulação de quanto você pode economizar investindo em energia solar!

Compartilhe este post ;)
Tags

Não existem tags para este post!

Inscrever
E-mail:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários