Dicas

A importância do Selo Procel para ar-condicionado

08 de julho de 2021 2 3 min de leitura

A importância do Selo Procel para ar-condicionado

Quando estamos em busca de um eletrodoméstico para casa, um dos primeiros itens que consultamos é o consumo de energia – e é para auxiliar o consumidor a fazer melhores escolhas nesse quesito que o Selo Procel de Economia de Energia existe desde 1993. Quando falamos de climatização, esse critério também deve ser levado em conta e por isso a indicação do Selo Procel para ar-condicionado é super importante.

Além de visar a economia financeira, o Selo Procel também é uma forma de encontrar aparelhos que colaboram com o meio ambiente pelo melhor aproveitamento da energia consumida. O órgão responsável por essa certificação é o Inmetro, inclusive para ar-condicionado, hoje, a categorização vai de “A” (melhor) a “F” (pior).

Mudanças no Selo Procel para Ar-Condicionado

No início de 2021 houve a criação de critérios mais severos para a classificação dos aparelhos de ar-condicionado pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE). A principal mudança diz respeito à alteração na metodologia do cálculo de eficiência energética, que agora passa a ser pelos métodos de carga parcial e métrica sazonal, tornando a avaliação dos aparelhos muito mais próxima ao uso real deles.

Para você entender melhor: até o ano passado, para ser considerado um ar-condicionado Procel A, os aparelhos precisavam atingir a eficiência energética de 3,23, frente aos 5,5 de agora. Por esse número ser mais baixo e também pelos aparelhos Inverter e Convencionais serem submetidos ao mesmo tipo de teste, os ares-condicionados de tecnologia mais antiga acabavam ganhar o Selo A, assim como os Inverter, que são bem mais econômicos que eles.

Com essa atualização da avaliação da eficiência energética do ar-condicionado, espera-se que a partir de 2024 somente os aparelhos que atendam todos esses novos critérios sejam comercializados no Brasil.

Comparação do Selo Procel para Ar-Condicionado

Quer um exemplo da economia que essa certificação gera na prática? Então vamos comparar o funcionamento de um ar-condicionado Selo Procel A com um Selo Procel B, ambos modelos Piso Teto de 36.000 BTUs, Só Frio.

Enquanto o que conta com o Selo Procel A tem média de consumo de 68,2 kW/h, o aparelho de Selo Procel B consome cerca de 73,08 kW/h. No fim de um mês em que o ar-condicionado foi usado todos os dias, é uma bela economia, né?!

Quer aprender como calcular o consumo de energia do seu ar-condicionado? Leia nossa matéria sobre o tema.

Mais dicas para economizar na conta de energia

Além de contar com esse selo de economia de energia no ar-condicionado, aqui no Blog da Leveros você encontra matérias com diversas dicas que podem te ajudar a otimizar o uso do seu aparelho, gerando ainda mais economia para seu bolso. Não deixe de conferir!

Em busca de Selo Procel no ar-condicionado?

Encontre na Leveros diversos modelos de ar-condicionado com Selo Procel A, como Portátil, Split HW, Janela, Piso Teto, entre outros. Comprando conosco, além de achar o aparelho ideal para sua casa ou escritório, você também pode adquirir a instalação do ar-condicionado, tendo a solução completa em um só lugar. Aproveite!

 

Compartilhe este post ;)
Tags

Não existem tags para este post!

Inscrever
E-mail:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários
Novos
Antigos Mais votados
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários