Serviços

Ar-condicionado para apartamentos: como escolher o seu

27 de agosto de 2020 0 5 min de leitura

Existem muitos modelos de ar-condicionado para apartamentos, com diferentes características físicas, como tamanho e nível de ruído, e pontos técnicos, como potência, funções e desempenho.

Portanto, se você está procurando um ar-condicionado para o seu apartamento, veio ao lugar certo. A Leveros preparou este conteúdo abordando o que você precisa saber na hora de comprar seu aparelho. Confira.

Como escolher ar-condicionado para apartamentos?

Para quem mora em espaços pequenos, como a maioria dos apartamentos, é necessário levar em conta alguns fatores que facilitam na hora de escolher quais são os melhores modelos de ar-condicionado.

Os principais pontos que devem ser pensados são o tamanho físico e a potência do ar-condicionado. Além desses dois fatores, há outras características importantes a serem consideradas, como tecnologias embutidas, tipos, ciclos que o aparelho executa e ainda como é sua instalação e adaptação no ambiente.

Como medir a potência de um ar-condicionado para apartamentos?

A potência de um ar-condicionado deve ser observada de acordo com o cálculo de BTUs. O termo, que é a sigla de British Thermal Unit (Unidade Térmica Britânica), indica o alcance que o aparelho tem em um ambiente, de acordo com suas condições.

Essas condições podem ser previstas na nossa calculadora de BTUs, que considera, além do tamanho, fatores como nível de exposição ao Sol do ambiente e número de janelas e de equipamentos eletrônicos, por exemplo.

Um ar-condicionado para apartamento pequeno, por exemplo, precisa ter a capacidade de 12.000 BTUs, que cobre um espaço de até 20 metros quadrados. Mas isso varia de acordo com o tamanho do seu ambiente, sendo possível encontrar modelos que cobrem até 70 metros quadrados.

Tamanho da evaporadora

O tamanho da unidade interna, também chamada de evaporadora, é fundamental para você saber como escolher um ar-condicionado para apartamentos. Se o seu espaço for muito reduzido, existem os modelos compactos, que são ainda menores do que o normal, mas com a capacidade idêntica.

Split ou janela?

São os dois modelos mais comuns de ar-condicionado. O modelo split tem a unidade evaporadora separada da condensadora, o que proporciona um menor nível de ruído em comparação ao modelo de janela. Ele é também o tipo mais comum e moderno, com diversas potências e recursos inovadores.

O modelo de janela tem a unidade externa e a interna juntas. Além disso, ele necessita de um espaço entre a parede maior para ser instalado. Tanto que muitos prédios já vêm com um vão na parede para que seja feita a instalação desse tipo de aparelho.

Se você busca espaço ou economia, em termos financeiros, o modelo de janela será o mais indicado, mas deve-se observar se há o vão exigido para sua instalação. Já se você deseja um modelo mais moderno, tanto em funções como em design, o split pode ser a solução ideal.

E o portátil?

Para quem visa ter mobilidade, o ar-condicionado portátil para apartamento é a melhor saída. Você pode transportá-lo para qualquer lugar, ele não precisa de instalação nem exige mudanças no ambiente.

Isso ocorre porque o item precisa apenas de um pequeno espaço para que seu tubo solte o ar quente para o ar livre, que pode ser uma janela ou uma porta aberta. Com essas características, o ar-condicionado portátil pode climatizar vários ambientes, e não apenas um único espaço.

Tecnologia inverter ou convencional?

Na hora de escolher entre um ar-condicionado inverter ou um convencional, você deve levar em consideração o custo-benefício dos modelos. Enquanto o inverter tem valor mais alto na compra, ele proporciona uma economia de energia que gira em torno de 60% em comparação ao convencional.

Isso acontece porque ele tem tecnologias mais modernas, que permitem um melhor aproveitamento do seu trabalho, alcançando a temperatura estimada mais rápido, gerando menos ruído e agregando mais funções para o ar-condicionado.

Já o modelo convencional é mais barato na hora da compra e tem manutenção mais barata, mas tem todos os outros itens já citados como desvantagem ao inverter. Por isso, a escolha é pessoal e deve levar em consideração todos os fatores comentados.

Ciclo quente e frio

O melhor ar-condicionado para apartamento é aquele que se encaixa às suas necessidades. Se você mora em um lugar que tem um inverno mais rigoroso ou que a temperatura oscila muito durante as estações, comprar um modelo que tenha o ciclo quente e frio certamente é a melhor opção.

Com o ciclo quente e frio, o ar-condicionado se torna um aquecedor para os dias frios. Portanto, isso economiza a compra de um outro aparelho e poupa espaço, já que não haverá um segundo equipamento para armazenar.

Instalação

Além dos espaços delimitados nos apartamentos, aspecto ainda muito comum no país, a instalação deve ser feita por profissionais especializados e do modo adequado.

Não adianta comprar o melhor modelo de ar-condicionado e ele não ser instalado com as devidas precauções, tornando a solução dos seus problemas em uma dor de cabeça.

Por isso, na Leveros, você tem a possibilidade de adquirir aparelhos das melhores marcas de ar-condicionado, com uma instalação profissional especializada. Ao contratar nosso serviço, você não perde a garantia do fabricante e tem um atendimento diferenciado, com a qualidade de quem tem experiência no mercado nacional.

Compartilhe este post ;)
Tags

Não existem tags para este post!

Inscrever
E-mail:
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários