Sem categoria

Como funciona o sistema de climatização VRF?

26 de abril de 2021 0 3 min de leitura

Desconhecido por grande parte das pessoas, o sistema VRF é um dos mais requisitados quando falamos de climatização para prédios comerciais e grandes residências. Basicamente, poderíamos resumi-lo como: o ar-condicionado que tem a potência que você precisa para climatizar diversos ambientes, com versatilidade e economia de energia. Mas como assim?

O VRF funciona de forma parecida com um Multi Split, com uma única condensadora alimentando diversas evaporadoras – no caso do VRF, você consegue ligar até 64 evaporadoras, por isso a alta procura por esse modelo para climatizar grandes prédios comerciais.

Esse sistema de climatização conta com diversas vantagens como: alta eficiência energética (economia de até 70% no consumo de energia); sistema de controle microprocessado, que permite o gerenciamento por zona; possibilidade de escolha de diferentes evaporadoras, entre outros. Agora vamos conferir respostas para algumas das dúvidas mais frequentes sobre o VRF.

VRF

O que significa VRF?

VRF é a sigla para Volume Refrigerante Variável, um modelo de ar-condicionado para residências e comércios que necessitam de uma condensadora de alta potência para ligar diversas evaporadoras em diversos ambientes.

Por que instalar um sistema VRF?

Com um sistema VRF, você tem apenas uma condensadora de alta potência ligando diversas evaporadoras em diferentes ambientes. Além de economizar espaço de área técnica, o VRF consome até 30% menos energia do que sistemas convencionais e permite o controle individual das unidades internas.

Qual a diferença entre o sistema VRF e Multi Split?

O VRF é uma versão muito mais potente do Multi Split, já que suporta até 64 evaporadoras ligadas à mesma condensadora.

Preciso de projeto arquitetônico para ter um sistema VRF?

Por não necessitar de dutos e casas de máquinas, o VRF não precisa de um projeto arquitetônico, podendo ser instalado em prédios já existentes.

Posso aplicar diferentes modelos de evaporadoras com a mesma condensadora?

Sim! Você pode escolher os modelos de evaporadora de acordo com a necessidade do ambiente.

O sistema VRF tem limitação de linha frigorígena? Caso positivo, qual é o seu limite?

O comprimento real da tubulação da unidade condensadora até a unidade evaporadora é de, aproximadamente, 160 metros (varia conforme fabricante) e de 1.000 metros de comprimento real total de tubulação.

O preparo da infraestrutura é semelhante aos sistemas split que hoje conhecemos?

A infraestrutura para VRF é um pouco diferente dos sistemas Split. Por exemplo: no VRF é utilizado cobre rígido, o que exige um processo de soldagem por brasagem da tubulação, além de ser necessário usar isolamento em borracha elastomérica e comunicação feita com cabo tipo blindado – diferentemente do Split, que utiliza cabo convencional tipo PP.

Faça seu projeto com a Leveros

Na Leveros, você encontra a solução completa para climatizar seu ambiente! Além dos aparelhos e instalação, nós também fazemos o seu projeto personalizado para atender à sua necessidade. Confira em nosso site nossos preços e condições!

Tags

Não existem tags para este post!